2mil&treta!

Ontem à noite, rolou a bonita festa de premiação do ano 2mil&treta e aniversário de seis meses do Vulp. Estava superdivertida, e a galera, caprichada!

Teve até categoria Cycle Chic, que foi para o lindo e imbatível Anderson Araujo, dono de uma invejável coleção de bikes, um dos ciclistas, inclusive, que inspirou o início do blog aqui na cidade.

Anderson Cycle Chic

Em tão pouco tempo, o bici café tornou-se o lugar para ser e estar, e cada frequentador, um pedacinho de uma grande família.

Parabéns, Isadora, Silvia e Tássia, e obrigado por deixarem-nos sonhar com vocês.

DebDorneles14122013_DSC5163 DebDorneles14122013_DSC5343 DebDorneles14122013_DSC5339DebDorneles14122013_DSC5319 DebDorneles14122013_DSC5317 DebDorneles14122013_DSC5315 DebDorneles14122013_DSC5307 DebDorneles14122013_DSC5305 DebDorneles14122013_DSC5298 DebDorneles14122013_DSC5296 DebDorneles14122013_DSC5295 DebDorneles14122013_DSC5294 DebDorneles14122013_DSC5292 DebDorneles14122013_DSC5290 DebDorneles14122013_DSC5287 DebDorneles14122013_DSC5281 DebDorneles14122013_DSC5277 DebDorneles14122013_DSC5276 DebDorneles14122013_DSC5275 DebDorneles14122013_DSC5271 DebDorneles14122013_DSC5269 DebDorneles14122013_DSC5266 DebDorneles14122013_DSC5262 DebDorneles14122013_DSC5256 DebDorneles14122013_DSC5250 DebDorneles14122013_DSC5246 DebDorneles14122013_DSC5244 DebDorneles14122013_DSC5240 DebDorneles14122013_DSC5236 DebDorneles14122013_DSC5233 DebDorneles14122013_DSC5228 DebDorneles14122013_DSC5227 DebDorneles14122013_DSC5224 DebDorneles14122013_DSC5222 DebDorneles14122013_DSC5220 DebDorneles14122013_DSC5218 DebDorneles14122013_DSC5210 DebDorneles14122013_DSC5207 DebDorneles14122013_DSC5203 DebDorneles14122013_DSC5200 DebDorneles14122013_DSC5195 DebDorneles14122013_DSC5191 DebDorneles14122013_DSC5185 DebDorneles14122013_DSC5181 DebDorneles14122013_DSC5178 DebDorneles14122013_DSC5175 DebDorneles14122013_DSC5174 DebDorneles14122013_DSC5170

Anúncios

Sobre Deb Dorneles

Em meus diferentes momentos de sentir, gosto de recortar a realidade, abrir pequenas janelas para o que vejo, e fechar portas para o que quero deixar lá fora. Percebo algo muito natural e delicado no que observo, e faço registros desses olhares externos para que reflitam o que se passa internamente. Há um tempo passando, há vida acontecendo, há uma perecividade de que fugimos, e as fotografias podem nos fazer escapar disso, congelando, protegendo, iludindo. Ou servir de lembretes de nossa mortalidade, interpretando, revelando, expondo, como em um sonho bom ou nem tanto. Gosto de brincar com essas forças e provocar a mim mesma com suas diferentes possibilidades. Faço imagens para que entretenham-me e não me deixem esquecer. Embelezo a angústia e simplifico a alegria, assim continuo respirando, avançando, sendo. ♕
Esse post foi publicado em Final de semana, Vulp e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s